Qual a importância de separar as finanças pessoais e empresariais?

Misturar finanças pessoais e empresariais é um erro cometido por muitos empresários. A razão disso é quase sempre

Misturar finanças pessoais e empresariais é um erro cometido por muitos empresários. A razão disso é quase sempre a mesma: a ideia de que a conta pessoal e profissional pode ser tranquilamente administrada de maneira única.

Manter tais finanças separadas é bom não só para a sustentabilidade de seu negócio, mas também para sua organização pessoal. Afinal, nem todo dinheiro na conta da empresa está disponível para suprir seus gastos diários, é preciso dividir entre pagamento de fornecedores, matéria-prima, despesas com o imóvel, entre outros. Confira a seguir por que separar as finanças!

Por que é importante separar as contas?

Um simples motivo é capaz de descrever a importância de manter distância entre as contas pessoal e profissional: sem organização não é possível ter controle. Por exemplo, a empresa precisa identificar quais setores recebem mais investimentos, honrar com a folha de pagamento, despesas do consumidor, além de contas de luz, água, telefone e, em diversos casos, aluguel.

O fato é que, quando as contas são conjuntas, o dinheiro às vezes é tirado para o pagamento de uma conta pessoal, como a fatura do cartão de crédito. Então, entra o dilema e a impossibilidade de controlar as receitas e despesas de cada uma das partes.

Aliás, tal atitude de usar o dinheiro de contas profissionais em pessoais e vice-versa é uma das principais causas do fracasso de um negócio, segundo um estudo de mercado feito pelo Sebrae. Portanto, é imprescindível fazer a separação, tal como mostraremos a seguir!

Como organizar as finanças pessoais e empresariais?

Existem algumas técnicas bastante eficientes na hora de organizar as finanças pessoais e empresariais, confira a seguir como aplicá-las!

Ter contas bancárias separadas

O primeiro passo é criar contas bancárias separadas. Assim, você saberá o que entra e sai da empresa, mas também das suas finanças pessoais. Tal atitude facilita a organização, ajudando a evitar confusões. Vale lembrar que as instituições bancárias costumam oferecer benefícios para contas de pessoa jurídica. Além disso, a separação ajuda na hora de controlar as obrigações com o fisco, evitando as multas.

Contar com a ajuda de um contador

O contador é um profissional bastante requisitado na hora de lidar com finanças pessoais e empresariais. Ele será o responsável por ajudá-lo no seu planejamento financeiro. Além disso, é peça-chave importante para que você não se esqueça de nenhuma pendência relativa aos impostos empresariais, o que dará maior segurança e visão macro sobre os gastos e ganhos.

Determine seu pró-labore

O pró-labore é um valor de remuneração fixo mensal, que garante aos sócios de uma empresa ter um salário. Ele deve ser compatível com a realidade financeira do negócio. Pesquisar sobre os ganhos de outros profissionais na mesma posição é uma forma de estabelecer uma quantia ideal. Além disso, essa determinação o ajudará a separar os lucros da empresa, deixando uma quantia suficiente para capital de giro e despesas extras.

Conte com a tecnologia

A tecnologia é uma aliada na hora de separar as finanças pessoais e empresariais. Por meio dela, é possível ter maior controle sobre os gastos e ganhos, ou seja, em uma planilha digital é possível elencar desde aquele cafezinho consumido até o pagamento de um fornecedor. Portanto, utilize sistemas que permitam esse controle, especialmente uma visualização sobre tudo o que você tem. Isso diminui as chances de erros e traz maior segurança para as finanças.

Organizar as finanças pessoais e empresariais não é tão complicado quanto parece. O princípio básico de tudo é entender que a empresa precisa ter os próprios ganhos e despesas discriminados de um lado, enquanto as contas pessoais devem ficar de outro. Isso fará com que você tenha um controle muito mais eficaz.

Agora que tal compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais? Assim, eles poderão também organizar suas finanças!