Logo Deep Freeze

Vantagens e desvantagem do Deep Freeze

Se você tem uma escola de cursos livres ou qualquer outro negócio que dependa de um laboratório de

Se você tem uma escola de cursos livres ou qualquer outro negócio que dependa de um laboratório de informática, certamente já ouviu falar do Deep Freeze.

Ideal para computadores públicos, ele permite que qualquer alteração realizada seja automaticamente descartada quando o computador for reiniciado.

Mais do que isso, promete livrar o computador de vírus e dos constantes erros derivados do mau uso dos recursos.

Desenvolvido pela Faronics e comercializado por empresas parceiras no Brasil, o Deep Freeze não apresenta apenas vantagens. Sua principal funcionalidade acaba sendo também sua principal desvantagem, pois impede atualizações automáticas que são tão importantes para o bom funcionamento dos softwares e dos aplicativos instalados.

E isso acontece tanto com o Windows quanto com qualquer outro aplicativo, até mesmo com o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da R5 Ensino.

A cada nova atualização do AVA nos terminais, o administrador responsável pela máquina precisa desabilitar o Deep Freeze, atualizar manualmente o AVA e os demais aplicativos necessários e, em seguida, habilitar novamente o Deep Freeze.

Já nos servidores que utilizam os sistemas da R5 Ensino, a instalação do Deep Freeze inviabiliza totalmente o funcionamento, já que impede que o banco de dados seja atualizado para criar novos contatos, novas matrículas etc., ocasionando perdas severas de dados.

Nossa avaliação é de que, nos terminais, com o devido cuidado e atenção e com um operador experiente, a utilização pode ser bastante proveitosa. Já nos servidores, a instalação é totalmente desaconselhada.