Marketing educacional: conheça as principais estratégias!

Se o foco de uma instituição de ensino é manter a qualidade, aumentar a captação de novos alunos,

Se o foco de uma instituição de ensino é manter a qualidade, aumentar a captação de novos alunos, promover a retenção e ganhar notoriedade no mercado, pela autoridade e pelo posicionamento dentro do segmento, é importante investir estrategicamente no marketing educacional.

Mesmo que a escola ofereça um ensino diferenciado, com boa equipe pedagógica e administrativa, ainda assim, precisará se preocupar com a manutenção desse cenário se quiser ganhar vantagem competitiva e assumir um lugar de destaque.

O desenvolvimento de ações efetivas desencadeado por boas estratégias definidas nas pautas do marketing educacional ajuda a alavancar o interesse de um público específico com conversão em matrículas.

Se você prospecta um bom crescimento para este ano e grande volume de alunos, deve adotar agora mesmo algumas táticas, que aplicadas, juntas ou separadas, sugerem reais chances de adesão. Confira, neste post, como fazer do marketing um importante aliado de gestão!

O que é o marketing educacional?

Uma instituição que sobrevive dos recursos particulares e patrocinados pelas mensalidades, deve pensar que todo empreendimento, para se manter em alto nível, requer esforço e dedicação para alcançar um patamar de excelência e, assim, despertar a atenção dos novos alunos.

O marketing educacional é um conjunto de ações para explorar ao máximo o potencial da instituição e atrair o público desejado, entendendo as suas necessidades e expectativas, ofertando exatamente o que ele almeja como diferencial competitivo.

Analisar a concorrência direta e os fatores internos que podem interferir no processo de captação é fundamental para evidenciar os pontos fortes da instituição e promover ações focadas no objetivo final — trazer para dentro da escola o maior número de alunos conectados à proposta de ensino.

Veja agora algumas estratégias que selecionamos para ajudar você a fazer uma eficiente campanha de marketing educacional e, com isso, auxiliar cada vez mais na formação de pessoas que desejam se inserir no mercado de trabalho com um conhecimento mais amplo e específico.

Tenha um planejamento

O planejamento deve ser uma combinação bem-sucedida de teoria e prática. Para que todas as ações tenham resultados expressivos e condizentes com a proposta inicial, o ideal é que componham um plano de ação com atribuição de responsabilidades e prazo para execução.

O planejamento é a base de todas as outras estratégias, pois, com ele, é possível vislumbrar o futuro sem perder as referências do passado e o cenário presente para agrupar as ações de forma eficiente em uma movimentação sistematizada e linear.

Identifique e crie uma persona

Esse é o melhor caminho para transformar a perspectiva em evidência, pois a persona, muito mais que o público-alvo, retrata aquele que, de fato, apresenta chances de realizar a matrícula na sua instituição.

Você vai identificar melhor a persona da sua instituição ao observar o comportamento dos alunos já matriculados, suas aspirações e como se comportam diante do que a escola tem a oferecer. Seus desejos e anseios devem ser estudados detalhadamente para que a instituição verifique as condições de adequação.

Crie ações de captação e manutenção dos leads

A inovação tecnológica é o ponto-chave de acesso rápido às pessoas na atualidade. A tecnologia permite e incentiva um alcance muito maior que qualquer outro tipo de campanha e fortalece a dinâmica de comunicação para apresentação dos benefícios que sua instituição pode oferecer.

O acesso virtual com inserção de dados para contatos gera um cadastro natural de pessoas com o mesmo perfil, facilitando a interação com aqueles que demonstraram algum interesse pela proposta da sua escola. Com isso, é importante gerar leads oportunos e sazonais.

Para que esses leads sejam eficientes, crie conteúdos motivacionais com informações interessantes sobre um determinado assunto — falar sobre o mercado de trabalho e as profissões em alta costuma atrair diversos leitores.

Você pode usar a estratégia de fracionar o material em séries, capítulos e artigos e, assim, incentivar o retorno do leitor e visitas cada vez mais frequentes. Inclusive, nesse ponto da divulgação, informar sobre os cursos gratuitos pode despertar um interesse ainda maior para conhecer o sistema de ensino da escola.

Faça conteúdos voltados para o seu público

Aproveite a criação da persona e publique assuntos voltados para a aprendizagem, o desenvolvimento pessoal e profissional e as profissões com melhor posicionamento no mercado. Esses são alguns elementos de interesse para quem está em busca de profissionalização.

Os conteúdos devem acompanhar a trajetória de conquista do público que você e sua instituição desejam atingir. Se forem alunos recém-saídos do ensino médio, canalize a informação para os cursos profissionalizantes — as chances de conseguir um emprego para dar continuidade aos estudos se tornam muito maiores.

Se o público for composto por profissionais em busca de capacitação, reciclagem e atualização, você pode plantar a ideia de cursos complementares, formando profissionais mais especializados.

Sempre que possível, sugestione à persona, de forma neutra e sutil, a importância da aquisição do conhecimento para aplicação no momento adequado. O mercado oferece oportunidades àqueles que estão sempre aprimorando as habilidades e competências.

Faça das redes sociais um ambiente interativo

As redes sociais aproximam as pessoas e criam vínculos duradouros, por isso, é fundamental que sua instituição mantenha um perfil ativo e participativo, abrindo espaço para o diálogo e a interação.

Sempre faça a divulgação do curso e das inscrições e, caso haja alguma campanha de desconto em andamento, crie uma chamada dinâmica, para atrair a atenção de alunos em potencial.

É importante salientar quanto à flexibilidade do ensino, podendo o aluno optar pela formação em etapas. Será ele o responsável pela trilha de aprendizagem, no seu tempo de evolução, sem uma pressão cronometrada.

Também é possível abrir pesquisa para saber sobre demanda de cursos, sugestão de melhorias, mercado de trabalho, profissões em alta, entre vários outros assuntos que geram dúvidas na hora de decidir o que estudar.

Como eficientes canais de comunicação, as redes sociais fortalecem e humanizam o relacionamento. Use o canal para compartilhar as histórias de sucesso da escola, os eventos realizados e a atuação dos alunos com relatos de como se sentiram em relação a um determinado projeto.

Muitos ex-alunos fazem questão de deixar depoimentos sobre a sua passagem pela escola e, quando gostam, imprimem um saudosismo genuíno e contagiante. Selecione aqueles que estão em ascensão para contar um pouco do que foi a trajetória — passando pela sua escola — para chegar até ali.

Como essa é uma geração volúvel e cheia de oportunidades, procure entender e atender suas aspirações. Lance mão de um bom marketing educacional para que as ações não se percam no caminho e você amargue a evasão ou baixa adesão sem ter o direito de contornar a situação.

Fundamentada em viés educacional, a R5 Ensino idealizou o Sistema de Ensino Interativo R5, com Ambiente Virtual de Aprendizagem e sistemas de gestão escolar próprios, com os quais centenas de escolas em todo o país têm obtido sucesso financeiro e, especialmente, promovido a educação nas comunidades em que estão inseridas.

Oferecemos aos nossos conveniados um site personalizado onde estão disponíveis os cursos, o blog, além de depoimento de diversos alunos. Há também ferramentas para compartilhamento nas redes e os modelos do Projeto piloto e do Projeto de uma escola em funcionamento.

Se você gostou deste post sobre as estratégias do marketing educacional e como elas podem aumentar a captação de alunos, siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook!